quarta-feira, 30 de março de 2011

Me leve

"Não consigo resistir a escrever sobre você. Você e seu jeito confuso. Você e esse rosto. De onde você tirou esse rosto? Meus Deus, aonde foi que você aprendeu a me olhar assim? Vai, toma, leva. Me emprestei um pouco, agora leva o resto. Não tenho o que fazer com o que ficou de mim. Olha, amo você. Não te conheço mas amo. Assim como amo minha loucura. Me entende? Eu sei que sim. Porque você é mais louco que eu, achei alguém mais louco e lindo que eu. E você escreve, meu Deus. Escreve lindo, suas palavras são tão eternas que eu poderia morar nelas e ser cada letrinha de sua frase. Me salva no seu computador, escreve uma história linda para me matar de vez. Nossa loucura junta nos salva. Você me salva. Você ama meu lado obscuro, você ama quando eu fico brava, você ama o que há de pior em mim. Aonde já se viu isso? Então leva. Me leva e não devolve. Me leva e constrói um bar, vamos ler Jonh Fante, ficar bêbados de Rimbaud, vamos fazer alguma coisa grave porque nada mais nos resta. Te resta? Eu te resto. Eu e nossa loucura. Nossos planos foram reduzidos a pó. Junta nosso lixo, joga tudo fora. Não temos nada pra sonhar. Mas temos vida, um coração que ainda bate. Temos nossa falta de juízo, nossas palavras, nossos livros e uma imaginação sem fim. Será preciso mais?"


 Fernanda Mello

Não tenho nem mais o que dizer, aí diz o que eu não tôh conseguindo passar para o "papel" ultimamente >>> NOSSA LOUCURA, NOSSA FALTA DE JUÍZO, NOSSAS PALAVRAS ... UMA IMAGINAÇÃO SEM FIM <<< ow imaginação q realmente não tem fim, nem aimaginação nem a vontade sentir...

Porque a pouco tempo tempo atrás foi que nos demos conta do tempo perdido hein?
Taí pessoal eu sempre dizia aquela velha frase clichê: não deixe pra amanhã o que se pode fazer hoje. E não era exatamente o que eu fazia, sabe o que aconteceu, o tempo se perdeu, passou, e tempo perdido não volta, por mais que queiramos, ele não volta. 

Confesso que já fui dormir muitas vezes arrependida pór ter feito, mas outras tbm por não ter feito, e quer saber? Eu prefiro dormir arrependida do que ficar na vontade imagianando como seria, e foi exatamente em uma dessas vezes onde se dormiu com vontade q o tempo passou.

É neh só isso, vamos msm é viver (ou tentar) sem medo de ser feliz e dar à cara a tapa. Acho isso mais intenso, e eu particularmente adoro a intensidade.

Ficou meio sem nexo o texto da Fernanda e a minha opinião sobre o texto eu sei, mas é que ando meio conturbada, confusa, querendo estar onde não posso, querendo que estejam onde não podem. Querendo que Me Leve ...

8 comentários:

  1. Viver cada dia não como se fosse o ultimo...mas como se fosse o mais importante e decisivo.E n verdade,é!
    Gende beijo :)

    ResponderExcluir
  2. ja estou lhe seguindo ...

    meu blog:
    http://andyantunes.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  3. Realmente este texto é magnífico. nem deixa muito o que dizer...
    belo post!

    ResponderExcluir
  4. Viver cada dia com intensidade e qualidade para que cada memória valha a pena

    ResponderExcluir
  5. Verdade...sempre temos q ir em busca, dar e fazer nosso melhor em tudo q somos e fazemos...para crescermos e nao pensarmos q perdemos tmpo...

    estou seguindo vc...Adorei o Blog...me siga tbm:

    http://wwwpetitfashion.blogspot.com/

    Bjaoo Frost

    ResponderExcluir
  6. Muito interessante o blog !
    Deixo o meu aqui caso queira dar uma olhada, seguir...;

    www.bolgdoano.blogspot.com

    Muito Obrigada, desde já !

    ResponderExcluir
  7. Já dizia o Paulo Coelho [de quem nem gosto muito]:
    "Uma queda do terceiro andar dói tanto quanto uma do décimo quinto. Se for pra cair, que eu caia de lugares mais altos"

    Não tenha medo de tentar ;D

    Obrigada pela visita!

    http://poiseah.blogspot.com

    ResponderExcluir
  8. Você escreve incrivelmente bem, amei mexmo !

    Amei o blog, tô seguindo viiu? =*
    www.perfeitainexistencia.blogspot.com

    ResponderExcluir